The High One

Towering Mount McKinley

At an elevation of 20,237 feet above sea level, Mount McKinley is located near the center of the Alaska Range and is the highest mountain in North America.  Since clouds and rain often obscure the view of the summit, it’s estimated that only one out of three visitors to interior Alaska get to see the entire mountain.  The top can be seen from Anchorage or Fairbanks on clear days, but we weren’t that lucky when we were in those cities.  Fortunately, we chose the right day to be driving along Parks Highway and the absolutely clear skies allowed views of the towering summit for hundreds of miles.  Climbing the mountain is no easy feat and although not considered a “technical” climb, it is extremely challenging, dangerous, and offers brutally cold and extreme weather conditions to climbers year-round.  Temperatures dip as low as -75° F with wind chill temperatures down to -118° F which is cold enough to flash freeze a human.  If the cold weather doesn’t deter eager mountaineers, the thousands of dollars for equipment and guides might.  We’d like to see things from the top of The High One someday, so we’ll have to start saving now for the undoubtedly life-changing expedition.

Tentamos vê-la quando estávamos em Anchorage, mas não conseguimos. Novamente de Fairbanks, mas o dia estava bem nublado. Mas ali do Parque Nacional Denali, o dia amanheceu lindo, dirigíamos pela estrada quando nos demos conta daquela beleza, encantadora e tremenda… Montanha McKinley. Com 6.168 metros de altura ela é considerada o pico mais alto da América do Norte. Também conhecida como Montanha Denali, que em língua indígena significa “o grande”. Nem Montanha Evereste é tão fria que nem McKinley, isso se dá devido a distância da linha do Equador. Como qualquer outra montanha, o desafio de subir até o topo, requer muito esforço e ajustes. Desde estar em uma ótima condição física, dinheiro, tempo, até a aclimatização necessária que depende de cada indivíduo. São no mínimo três semanas para chegar lá em cima e com um guia, porque são vários caminhos, e mesmo que seja no verão, é rezar para que não haja nenhuma avalanche pois ainda tem muito neve lá em cima. Alpinistas experientes dizem que essa é uma das montanhas mais difíceis de escalar e que para chegar no ponto mais alto requer muita habilidade e força de vontade, porque no caminho muitas coisas podem acontecer. Muitas mortes ocorrem anualmente, mas quem chega lá, com certeza deve ter uma sensação de inexplicável de vitória, além de conseguir ver Alasca com outros olhos. Dessa vez, vamos apreciar essa beleza gigante só de longe, mas quem sabe um dia ainda não conseguiremos chegar até a bandeirinha lá em cima…

One thought on “The High One

Comments are closed.